terça-feira, 21 de agosto de 2007

Coisas em que tropeçamos todos os dias



Se fizermos alguns testes empíricos simples, é provável que descubramos o seguinte relativamente à maioria dos estudantes do final do ensino secundário: dominam os computadores, sabem usar a Internet e o e-mail, mas são profundamente incompetentes em história, literatura, ciências, matemática ou filosofia. Esta é a minha hipótese empírica, e gostaria que algum dos funcionários Ministério da Educação ou dos seus responsáveis políticos, que sonham alto de noite nestas medidas idiotas, conseguisse apresentar publicamente um estudo que o desmentisse claramente.

(um dos meus blogs obrigatórios)

4 comentários:

elle disse...

Não conhecia o blog. Muito interessante.

Subscrevo o desabafo de Desidério Murcho. Por isso o meu "puto" (17 anos)está num colégio!

É triste e não sei se terá solução...

BJ

sem-se-ver disse...

BEM:
mal chego a casa e deparo-me com isto, que dava para uma tese de mestrado!
mas por partes direi:
desidério murcho, de nome infeliz mas inteligência que no-lo faz esquecer, está a ser irónico: ele sabe bem que há imensíssimos estudos a comprovar que as criancinhas atingem graus assustadores de todo e qualquer tipo de iletracia.
o que, penso, ele pretende é chamar a atenção para os atrasados mentais que dominam o ministério e que, incapazes, por diferentes razões, de combater as causas destas situação, desvirtuam e distorcem o sentido da própria instituição 'escola', tornando-a num reino de putativas aprendizagens sobre competências (assim conseguirão bons resultados no que se refere, por exemplo, ao uso dos cpts) e não sobre conhecimentos - palavra maldita numa sociedade neo-liberal que aprofunda as desigualdades sociais mantendo os burros, burros, para que possam alegremente ser manipulados e alienados pelos poucos que não o são.

sei do que falo, e ele sabe do que fala: ambos somos de filosofia e, por maioria de razão, arrepia, entristece e angustia aquilo em que a Escola se tornou no nosso país - local de abulismo intelectual e reprodutor de detames sociais. tudo menos a capacidade de exercício crítico, reflexivo e atento.

sim, o blog é muito interessante. não se esgota nem em ser eco da imprensa diária, nem em polémicas intelectualmente esteréis. é importante: dá-nos informação e faz-nos pensar.

elle, permita-me: percebo o que a terá motivado a colocar o seu 'puto' num colégio; mas, creia-me, é mais vasto do que o local / tipo de ensino onde os alunos estão. porque o sistema de ensino é o mesmo.

cs, muito obrigada. belíssimo extracto este. beijo.

sem-se-ver disse...

*ditames (claro está)

elle disse...

Estimada ssv, eu sei que o sistema de ensino é o mesmo independentemente do estabelecimento e que a contenda é vasta. Foi na tentativa de resolver algumas questões dentro dessa vastidão que coloquei o meu filho num colégio. Mas lá está, resolvi apenas uma pequeníssima parte, ou seja, o que estava ao meu alcance. Quanto ao resto…

Concordo consigo. Não interessa gente culta e inteligente… massa crítica, para quê?? Essa merda só dá é trabalho e gera entraves...

Bj às duas

Number of online users in last 3 minutes