terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Hillary

Ainda sem certezas,
mas sinto-a mais distante de Bush que Obama
Sinto-a mais próxima da Europa do que Obama
Vamos estando atentos

15 comentários:

elle disse...

oh pá, não sei porquê, mas não acredito nesta mulher (lamento)
(faz parte do sistema, acho)

(seria uma massagem no ego colectivo feminino, mas naahhhhh...)


beijoooossss

cs disse...

elle(zinha)

nem no Obama ou acredira no Obama?

rsrsrs....preciso de mais informações para ter uma opinião

bjocas

elle disse...

olhe cs, ê cá n'acredito nestes gajos (em geral), mas... daria um voto ao Obama... coisas!!! :))

LR disse...

concordo com o que dizes.
pressinto que não vai ganhar, mas gostaria de me enganar:)
e para quem leu a biografia dela e a dele, a escolha de uma mulher seria clara - não são os discursos messiânicos que importam mas têm sido eles a conquistar votos.

-pirata-vermelho- disse...

O 7º sentido feminino, neste caso;
pois está, mais próxima mas! nada d'ilusões - não passa de mais um capataz!
Capataza...

-pirata-vermelho- disse...

...o Obama não faz, elle,
parte do sistema?


(qu'ingenuidade!)

cs disse...

pirata

pois não sei. Não sou experto em politica Norte Americana, se bem que "capataza", até pode ser , mas que não parece...não parece

cs disse...

*expert

cs disse...

pirata, já agora essa coisa da ingenuidade é assim dita com muito respeito e carinho né?

ahhhh...pois. Bem me parecia

.:)

margarida disse...

Não gosto mto da Hillary. Em continentes diferenteas ainda assim cheira-me a falsa.

Não consigo acreditar numa mulher que é humilhada publicamente pelas aventuras sexuais do marido e continua com ele... Pode ser da idade, mas acho que o amor próprio deve prevalecer naçgumas situações (nesta!)

cs disse...

Margarida
humilhada pelo negocio que aquilo foi para a venda de jornais? pelo optimo negocio para a Monica? Não me parece. Não tenho resalmente essa ideia daquela forma de fazer jornalismo humilhar seja quem for a não ser os seus autores.

Realemnte, não acho que a Hillary tenha sido Humilhada. Seja lá o que isso for, no amor ou numa relação. Recuso-me a fazer essa analise estando apenas e só na posse dos dados fornecidos por uma imprensa completamente sem valores e inventora de histórias mirabolantes.

uma bjoca

margarida disse...

Mesmo que algumas coisas tenham sido hiperbolizadas eu sentir-me-ia a mais humilhada das criaturas. Traição já é mau, mas traição pública ainda é pior. Mas isso sou so eu! ;)

Beijinho

marta disse...

Mais distante de Bush que Obama?

Mais próxima da Europa que Obama?


cá para mim, estás completamente enganada nas duas premissas

Bjs


Marta

marta disse...

Elle

nem massajava o ego, uma mulher que choraminga à frente das câmaras para pedir votos....

brrrr!

cs disse...

marta

eu e outros tantos, nacionais e internacionais

com esta pujança o Obama ganha de certeza, e se fosse aqui no rectângulo estava ganha a eleição, pelo menos na blogosfera, mas lá para Novembro veremos.

O Sampaio tb chorou e não me ofende que se chore. Não diminui ninguém em nada, na minha opinião. eu também choro e ás vezes parece mesmo a despropósito

logo veremos o que diz o povo americano, que votou bush e agora se calhar vota Obama.

Não tenho nada contra Obama, parece-me é muito PLÁSTICO.

Nem tenho nada a favor da senhora Clinton, ao contrário do marido que acho ter sido dos melhores presidentes que a América já teve.


a ver vamos...


bjinhos e gosto de ver que é uma mulher de certezas

:)

Number of online users in last 3 minutes