sábado, 11 de outubro de 2008

A crise bateu-me á portinhola 1

Hansel e Gretel(:))

Pois..... não é que aquelas migalhas viraram a migalhinhas?


Quando na 6ªfeira passei pelo Banco a cara de parvo do funcionário fazia pena.

Adorei , contudo, o Marketing, dizia ele :..."olhe na segunda feira lançamos um novo produto que nesta altura me parece muito bom"!!!!

A verdade é que o mocinho parecia acreditar naquilo que dizia!!


Dei uma saltada a outro banco onde me esclareceram que em nenhuma parte do mundo se pode ter dinheiro parado, sob pena de se pagar um x por manutenção da conta!


Pasmei, e vim para casa a pensar se eles contaram moeda e nota a nota o meu dinheiro e lhe limparam o pó de cada vez que debitam 11 euros e qualquer coisa por manutenção.


Antes do levantamento do valor total, ainda fui informada que existiam alternativas. Lá lamentei que chegavam tarde, mas calei-me. Cansa tanto viver neste País de jovens gestores que nos vão aparecendo pela frente, cheios de tanta ignorância, essencialmente ignorância social.


Será que nenhuma faculdade ensina que uma empresa , mesmo bancária tem sempre uma obrigação social? Canseira este mundo de M*******

.

5 comentários:

Anónimo disse...

Oh D. Cesinha, quando falar de Gestores bata a pala p.f., porque nem todos são iguais, por isso não seja tão critica, olhe para o seu umbigo e veja se tudo o que faz é perfeito. Claro que não, se fizesse tudo perfeito estava num altar e mesmo assim nem sei em que Igreja, mas enfim. Esses jovens gestores, lutaram para terem um canudo, ensinaram-lhes economia, matemática, política, ciências sociais, e etc, etc, mas os bons custumes a educação essa vem de casa, não vem nos livros da Universidade, é por isso que vamos a um consultório médico pagamos uma pipa de massa e ainda levamos o rótulo de porcas porque não limpamos bem as orelhas das nossas crianças, quando nos "proibem de enfiar cotonetes nas orelhas dos petizes" e nos ficamos sem saber se havemos de enfiar as notas que nos custam tanto a ganhar no orifício que o Sr. Dr. tem no fundo das costas, e agora vem dar lições aos gestores, que estão ali a trabalhar que nem escravos para no final ainda trazerem um "dinheirão" que um mini porquinho ainda fica com a barriga vazia.
Tenha dó quando critica qualquer profissão, desde pedreiro ou melhor técnico de construção cívil a um chefe de estado, não se esqueça da palavra "salvo raras excessões" não é única nem nova mas fica bem, é de bom tom, é shanan.
Passe bem, pois o que sabe fazer é criticar muito bem, mas ideias está muito parca essa cabecinha.
Abelhaferrona

Luís Maia disse...

Seu anónimo malandreco, é tão bom falar escondido de cara tapada.

Vc a defender os gestores quando o objectivo deste apontamento, não foi por certo esse gestor portador da mensagem, mas os outros GESTORES, que chefiam essa corja mafiosa chamada banca a quem o governo socialista, acaba de colocar uma fraldinha.

Essa corja que utiliza os parcos valores de alguns, OBRIGADOS a ter uma conta no banco, sem receber juros, para transacções algumas sabe-se agora duvidosas.

o gestorzinho que debita a mensagem não conta.

cs disse...

Luis maia

seja muito bem vindo. Gostei da expressão fralda. Não encontraria melhor.

:))

Lucubrina disse...

Faça como eu.
Tenha dívidas e não dúvidas :-)
Abraço

Adorei a fotografia

cs disse...

lucubrina
seja muto bem vinda.

em resposta, dívidas também tenho algumas, e com esta coisa de juro sempre up garanto-lhe que me lembro delas mês após mÊS.

Abraço

Number of online users in last 3 minutes