sábado, 5 de abril de 2008

Danças Húngaras

4 comentários:

elle disse...

eheheheh... fantastico este charlie chaplin!!!



(adorei aquele afiar de navalha abrindo e fechando as pernas e os braços!) :D

O Réprobo disse...

Ai se o maestro afasta uma mosca com a batuta!
Beijinho

Kijar disse...

See Please Here

sem-se-ver disse...

cs,

duas notitas só:

esta é a mais hilariante cena no cinema de todos os tempos. ponto final.

caí da cadeira a rir quando a vi pela primeira vez. gargalho de cada vez que a vejo.

tem tudo a ver com o facto de nao so eu ja á epoca conhecer mtssimo bem esta dança hungara de brahms, mas de a ver utilizada da melhor maneira possivel: com absoluta e rigorosa (e divertida) sincronizaçao entre gesto e musica. como um filme musical.

o que me dá ainda mais razao qd afirmo que chaplin foi, mm nos seus filmes mudos, o mais sonoro de todos os realizadores. pq esta mimica é a do filme mudo, nao a do filme sonoro.

obgdinha pelas gargalhadas. fizeram-me bem.

Number of online users in last 3 minutes